Dia da Mulher

Mais um 8 de março, mais um dia da mulher, mais uma comemoração, uma homenagem, ou melhor, um luto. Luto por cada agressão e por cada uma das 13 mulheres que foram e ainda são assassinadas diariamente no Brasil. Luto pela mulher que é abusada a cada três horas. Luto, lágrimas e velórios. Enterros de sonhos, de mulheres, da liberdade.

Hoje é dia de dar e receber flores de afeto, mas de que adianta valorizar as mulheres só no dia 8 de março enquanto em todos os outros dias do ano essas flores são sinônimo do luto de cada mulher que perdemos? De que adianta nos outros fazer piada machista, chamar sua colega de vadia, achar que uma mulher é inferior ou desvalorizar o esforço feminino? De que adianta sair parabenizando cada mulher que encontramos na rua e amanhã acordar colaborando com o mundo machista e opressor? NADA.

Mulher gosta de flor, de carinho, de atenção(todo mundo gosta). Mas quer saber o que nos realmente gostamos? respeito, direitos iguais, salários justos, liberdade, confiança, apoio, valorização, oportunidades.
Mulher gosta é de andar na rua sem medo, confiar no parceiro e poder se vestir como quiser.
Mulher gosta é de poder abraçar, ser amiga e se sentir mulher.

“Hoje é dia de luto
luto pelas que sofreram
luto por sua mãe, sua amiga, sua colega e sua vizinha
luto pela parente e pelo sonho de ser gerente
luto por mim e por você
luto
apenas luto
mas dessa vez do verbo lutar

Deixo vocês com alguns videozinhos especiais para essa data. Vídeos reais, que não encobertam o desrespeito com flores e parabéns. Não é mimimi, é realidade!

E encerro esse post com uma frase, extremamente marcante, da minha professora:
“Uma a cada 3 mulheres sobre agressão doméstica a cada três minutos no Brasil. Feliz dia das mulheres pra você e para mim, que temos sorte de sermos as outras duas!”

Beijos, Bia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *